Aprendizado – exercício diário e contínuo

(Os ideais são coisas perigosas. É muito preferível o confronto com as realidades. Estas ferem, mas são muito melhores – Oscar Wilde).

Penso que a maior parte de nosso aprendizado se dá de forma muito similar ao exercício físico – aquela história de puxar ferro na academia até ficar “saradão” ...

Senão vejamos: para ficar “fortão” é preciso disciplina e rotina de exercícios, trabalhar nisso todos os dias (ou quase todos), num ritmo contínuo e focado.

“Mas eu prefiro fazer todos os exercícios em um só dia e ficar sedentário no restante da semana” ... Isso vai dar o resultado pretendido? Claro que não (mesmo que a quantidade de exercícios seja equivalente), podendo até mesmo trazer lesões físicas ...

Da mesma forma deve ser tratado nosso aprendizado, principalmente quando almejamos aquele “aprendizado transformador” (ao identificarmos uma deficiência em nós que precisa ser melhorada, um defeito que queremos superar e transformar em qualidade).



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo